segunda-feira, 21 de setembro de 2020
  • Televendas   0800 888 1191
  • Whatsapp   (85) 99955-0095

Precisa de Ajuda?

Entre em contato via Whatsapp (85) 99955-0095

10 Produto(s)

Tabela Lista

  • 7-KETO DHEA 50mg (Emagrecedor Natural) Vitamin Shoppe

    60 cápsulas

    R$259,00
    Ou parcele em até 12x bandeiras

  • 7-KETO DHEA 100mg (Emagrecedor Natural) NOW

    30 comprimidos

    R$199,00
    Ou parcele em até 12x bandeiras

  • 7-KETO DHEA 25mg (Emagrecedor Natural) Vitamin Shoppe

    60 comprimidos

    R$209,00
    Ou parcele em até 12x bandeiras

  • Café Verde Resvitále (Emagrecedor + Metabolismo)

    75 comprimidos

    R$249,00
    Ou parcele em até 12x bandeiras

  • Super HD Cellucor (Super Termogênico)

    60 cápsulas

    R$289,00
    Ou parcele em até 12x bandeiras

  • Roxylean ECA 60 (Super Emagrecedor)

    60 cápsulas

    R$259,00
    Ou parcele em até 12x bandeiras

  • Ab Cuts Belly Fat Formula (Emagrecedor Abdominal)

    120 cápsulas

    R$259,00
    Ou parcele em até 12x bandeiras

  • DHEA 7-Keto DHEA 100mg LeanGels NOW (Emagrecedor)

    120 cápsulas

    R$309,00
    Ou parcele em até 12x bandeiras

  • GNC Total Lean Burn (Queimador de Gorduras)

    60 Comprimidos

    R$249,00
    Ou parcele em até 12x bandeiras

10 Produto(s)

Tabela Lista

O QUE É TERMOGÊNICO:

O termogênico também é conhecido como “queimador de gordura”. Ele possui uma função muito importante: a ingestão correta dele faz com que o nosso organismo produza mais calor que o normal, e isso interfere de forma direta no balanceamento das calorias e na queima de gordura corporal. Juntamente à prática de exercício físico, o termogênico auxilia no processo de emagrecimento.

PARA QUE SERVE:

A termogênese significa geração contínua de calor nos seres vivos. Esse calor é gerado por meio do processo de transformação da energia consumida via dieta alimentar. Ou seja, os alimentos que ingerimos são transformados em calor, usado para a manutenção do organismo.

O termogênico é toda substância que aumenta essa demanda de nosso organismo por energia. Ao consumir esses produtos, a pessoa passa a queimar mais energia para realizar suas atividades usuais. A queima calórica acontece durante todo o dia, portanto, é comum distribuir as doses do produto pela manhã, tarde e noite.

COMO OS TERMOGÊNICOS FUNCIONAM:

A ação das substâncias termogênicas consiste em aumentar a taxa metabólica, ou seja, manter o metabolismo acelerado aumentando a temperatura corporal pela maior parte do tempo para que a perda calórica seja elevada.

Com a aceleração do metabolismo e aumento da temperatura natural do corpo, a queima de gordura se acelera. O que torna mais fácil e potencializa a queima de gorduras e calorias durante exercícios e o consequente emagrecimento.

BENEFÍCIOS DE TERMOGÊNICOS:

Os termogênicos, sejam os alimentos ou os produtos naturais, são capazes de proporcionar diversos benefícios e vantagens. Eles ajudam tanto a melhora da forma física quanto a saúde em si de uma pessoa.

Entre os principais benefícios e vantagens dos termogênicos estão:

- Os termogênicos ajudam na obtenção de um corpo com uma forma física forte e saudável;

- Aumenta o metabolismo geral e também o metabolismo basal, o que estimula a queima de gordura e o desenvolvimento saudável do organismo;

- Mais energia para as atividades do dia a dia e também para os exercícios físicos dos treinos;

- Contribui para uma melhor definição muscular;

- Melhora o desempenho nos treinos, favorecendo ainda mais a perda de peso e definição muscular;

- Melhora o funcionamento do sistema cardiovascular;

- Facilita o ganho de massa muscular, a hipertrofia;

- Melhora o processo de digestão dos alimentos;

- Dar sensação de saciedade e facilita o controle do apetite;

- Promove a contração muscular;

- Promove a sensação de bem-estar corporal.

Ajudam a emagrecer: Os termogênicos contribuem para o emagrecimento de formas diferentes. Aqueles a base de cafeína fazem com que a pessoa tenha mais resistência durante os treinos e assim consiga queimar mais calorias e consequentemente emagrecer.

Também há termogênicos que durante o processo de digestão levam a maior queima de calorias.

É importante ressaltar que todas as pesquisas realizadas com os alimentos ou suplementos termogênicos até o momento concluíram que para conseguir a perda de peso por meio do consumo destes alimentos ou suplementos é preciso praticar atividades físicas.

Melhoram o desempenho nos treinos:  Este benefício vale para os alimentos ricos em cafeínas, pois a substância aumenta a resistência dos atletas, fazendo com que eles consigam se exercitar por mais tempo.

Melhoram o foco:  A cafeína possui um efeito estimulante que irá proporcionar melhora na concentração e consequentemente na capacidade de aprendizado.

Os alimentos termogênicos podem proporcionar outros benefícios que irão variar de acordo com o alimento.

TERMOGÊNICOS E A TEMPERATURA CORPORAL:

A termogênese significa geração contínua de calor nos seres vivos. Esse calor só é possível devido ao processo de transformação da energia consumida via alimentos, ou seja, o alimento que ingerimos é transformado em calor, o qual é utilizado para a manutenção do organismo.

Os suplementos termogênicos fazem com que o nosso corpo produza um calor mais intenso que o normal. Graças a essa ação, torna-se possível proporcionarmos um déficit no consumo energético, o que leva à redução de gordura.

TERMOGÊNICOS: NATURAIS X SINTÉTICOS:

O grande problema dos termogênicos sintéticos está na dosagem de cafeína ingerida. Muitas pessoas quererem “potencializar” seus efeitos benéficos e acabam ingerindo mais do que o recomendado e sofrem com seus efeitos colaterais, tais como: insônia, dor de cabeça, agitação, falta de concentração, entre outros.

Já os termogênicos naturais podem ser encontrados em certos alimentos que causam maior queima de calorias apenas no processo de digestão. Estes não oferecem riscos, já que é necessário que se ingira uma quantidade excessiva do mesmo para causar efeitos colaterais, o que raramente acontece. 

Alguns exemplos de alimentos termogênicos são: café, chá mate, pó de guaraná, pimenta, gengibre, canela e vinagre de maçã.

TERMOGÊNESE ALIMENTAR E TERMOGÊNICO NATURAL:

Para esclarecer esse último tipo de termogênese, pensemos em alguém que consome fibras diariamente. Essa pessoa provavelmente terá um auxílio maior do alimento no seu processo de termogênese, visto que, por ser um alimento de digestão mais vagarosa, o organismo necessita de mais esforço para digerir as fibras ingeridas o que, consequentemente, promove um gasto calórico maior.

Evidentemente, nem todos os alimentos que consumimos necessitam da mesma quantidade de energia para que ocorra sua digestão. Quando ingerimos um alimento, nosso estômago seleciona suas partes e as distribui para que ele possa ser absorvido pelo nosso organismo adequadamente.

Nesse processo de digestão já ocorre um grande consumo de energia e esse gasto energético dependerá do tipo de alimento que foi consumido. Para se ter uma noção, cerca de 10% de nosso gasto calórico diário ocorre por conta da digestão dos alimentos ingeridos.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DO TERMOGÊNICO NATURAL:

Já é perceptível que o termogênico natural é uma excelente opção quando aliado a uma rotina de exercícios e alimentação saudável, podendo proporcionar, ainda inúmeros outros benefícios. Os principais deles são:

Aceleração do metabolismo: por induzir um maior gasto de calorias, esse tipo de termogênico auxilia o funcionamento do nosso organismo, acelerando-o. Assim, ao levar uma vida mais balanceada, com alimentação saudável e prática de exercícios físicos, obter um corpo em forma se torna mais fácil.

Redução de apetite: Alguns desses termogênicos, como o café, por exemplo, podem auxiliar a inibição de apetite. Dessa forma, a pessoa ingere menos calorias ao longo do dia, o que contribui ainda mais para a aceleração metabólica.

Aumento do foco e da cognição: Algumas substâncias naturais são grandes auxiliadoras no que diz respeito ao foco e à cognição no desempenho de atividades diárias. O chá verde é um ótimo exemplo, pois, por conter cafeína, a concentração aumenta e é mais fácil realizar tarefas como estudar e trabalhar.

Melhora da performance durante as atividades físicas: Para quem busca obter um corpo em forma, esse benefício seja talvez o mais desejado, pois está altamente relacionado ao gasto calórico. Os termogênicos desse tipo entregam maior disposição e, assim, o cansaço consequente do esforço físico é reduzido. Se você pretende turbinar o seu treino, o uso de alimentos termogênicos é essencial para melhorar seus resultados.

Melhora da circulação sanguínea: Sim, o gengibre e a canela, por exemplo, são excelentes opções para melhorar a circulação e dilatar as veias, reduzindo, assim, aquele incômodo inchaço corporal. Apenas é necessário tomar cuidado para não consumir esses alimentos em excesso. Lembre-se: tudo que não é regrado pode fazer mal.

Auxílio na busca por um corpo em forma: Para ter um estilo saudável, associar os termogênicos com exercícios físicos e uma alimentação regrada é a equação para um estilo de vida ideal. O resultado só pode ser cada vez mais saúde!

ALIMENTOS TERMOGÊNICOS:

Canela: Se você é um grande fã de canela, vai adorar a próxima parte: a canela pode ajudar a perder peso, controlando o açúcar no sangue. O composto presente na canela, que é a cumarina, dilui ligeiramente o sangue, o que leva ao aumento da circulação sanguínea, o que, por sua vez, aumenta o metabolismo. Por isso ela está na lista dos alimentos termogênicos. Sua propriedade de controle de glicose no sangue também a torna um tempero ideal para diabéticos tipo 2, enquanto o afinamento do sangue pode ser benéfico para aqueles com problemas cardíacos ou circulatórios.

Aveia, quinoa e arroz integral: A aveia, a quinoa e o arroz integral são carboidratos complexos ricos em fibras alimentares que o trato gastrointestinal não consegue digerir ou absorver facilmente. Como o corpo faz um esforço extra para digerir esses alimentos, ele queima bastante estoque de gordura. O que acontece é que essas fontes de carboidratos passam por todo o trato gastrointestinal sem aumentar muito o teor de glicose (em comparação com outros carboidratos), sendo aliados na perda de peso.

Ginseng:  Essa é uma raiz de origem chinesa, mais conhecida como erva milagrosa. O nome faz sentido: ela tem muitas propriedades curativas e previne muitas doenças.

O ginseng diminui os sintomas de estresse, tem efeito calmante, previne a gripe, é um estimulante sexual, previne também o câncer, melhora a memória e ainda diminui a pressão arterial.

Algumas pessoas combinam o uso do ginseng com os exercícios físicos, já que ele ajuda na hipertrofia. Isso ocorre somente quando há uma boa alimentação, com proteínas e carboidratos, principalmente.

Só é bom tomar cuidado com a dose ingerida, já que é uma raiz com efeitos fortes no organismo.

Com o acompanhamento de um especialista, você saberá por quanto tempo e qual a dosagem necessária para que o seu corpo receba os benefícios, sem riscos à saúde.

O uso exagerado do ginseng pode causar insônia, diarreia e vômito.

Feijões:  Feijão carioca, feijão preto, ervilha, lentilha e grão-de-bico.Também conhecidos como leguminosas, eles são constituídos principalmente por proteínas, em vez de carboidratos. E, como sabemos, a proteína é o nutriente com maior porcentagem de efeito termogênico em comparação a outras classes de alimentos. Eles também contêm fibra e amido resistente (amidos resistentes à digestão equivalem a mais energia gasta), o que aumenta ainda mais o efeito termogênico. Recomenda-se que os feijões sejam servidos como acompanhamento, pelo menos uma vez por dia, porque também são ricos em vitaminas e minerais. Além disso, eles contêm pouca ou nenhuma gordura ou colesterol, o que os torna ótimos alimentos.

Gengibre: O gengibre, assim como a pimenta, também contém capsaicina. Ele é um alimento termogênico, pois acelera o metabolismo, aumentando a produção de calor e a queima de gordura e proteína.

Pimenta: Devido à presença de uma substância chamada capsaicina, as pimentas aumentam a produção de calor no organismo, aumentando a transpiração. Todo esse processo faz da pimenta um dos alimentos termogênicos que mais auxiliam a perda de peso.

Sementes de cominho:  As substâncias presentes nas sementes de cominho fazem da especiaria um alimento termogênico, pois aumentam a temperatura basal do organismo. Os compostos presentes nas sementes de cominho que ajudam na perda de peso são os antioxidantes e os fitoesteróis. Estes últimos inibem o colesterol ruim.

Uma pesquisa demonstrou que três gramas de cominho em pó ingeridas diariamente durante três meses reduzem o índice de massa corporal e a circunferência da cintura. Descubra para que serve o tempero cominho.

Extrato de chá verde:  O extrato de chá verde é uma forma concentrada de chá verde. Ele é rico em cafeína e em polifenol epigalocatequina galato (EGCG), ambos compostos que podem ajudar a queimar gordura (confira estudos a respeito aqui: 1, 2).

Além disso, esses dois compostos se complementam e podem ajudar a queimar gordura, atuando como termogênicos. Uma análise de seis estudos concluiu que tomar uma combinação de extrato de chá verde e cafeína ajuda a queimar 16% mais gordura do que um placebo.

Em outro estudo, os cientistas compararam os efeitos de um placebo, cafeína e uma combinação de extrato de chá verde e cafeína na queima de gordura. Eles descobriram que a combinação de chá verde e cafeína queima 65 calorias a mais por dia do que a cafeína sozinha e 80 calorias a mais do que o placebo.

Para obter os efeitos termogênicos do chá verde, tente tomar de 250 a 500 mg por dia (se for na versão em cápsulas). Isso proporcionará os mesmos benefícios que beber de três a cinco xícaras de chá verde por dia.

Água gelada:  A maioria dos regimes irá recomendar a ingestão de muita água. Isso porque a água ajuda o corpo a digerir a comida e a diluir a urina. A água também ajuda a promover sensação de saciedade. E manter-se hidratado é importante. A água gelada, especificamente, pode ajudar a perder peso porque o corpo usa energia para equilibrar sua temperatura. Então, você bebe água gelada, que tem zero calorias, e seu corpo naturalmente gasta calorias por conta própria. Dessa forma, apesar da água não ser um alimento, vale a pena adicioná-la no seu dia a dia para obter seus efeitos termogênicos.

Frutas ricas em vitamina C: O ácido ascórbico é a vitamina necessária para uma boa resistência a infecções e absorção de ferro. Laranja, frutas vermelhas, limão, tangerina, abacaxi e tomate são apenas alguns exemplos de frutas ricas em vitamina C. Essas frutas também aumentam a temperatura central do corpo por causa da energia necessária para digeri-las, mas também fornecem energia e vitaminas que podem ajudá-lo a eliminar suplementos, sendo ótimas opções de alimentos termogênicos.

Nozes:  As nozes contêm fibra dietética, proteína e gordura. Esta combinação faz desse alimento altamente termogênico, pois todas essas substâncias presentes nas nozes contêm nutrientes termogênicos, sendo a fibra alimentar a mais termogênica dentre os três. É por isso que as nozes são um bom lanche pré, entre e pós-treino; elas fornecem energia e nutrientes sem serem realmente volumosas.

Cardamomo: Essa semente usada na culinária e medicina asiáticas é da família do gengibre e utilizada também pelos antigos egípcios para refrescar o hálito e limpar os dentes.

O cardamomo também é um ótimo termogênico e muito bom para combater algumas doenças e aliviar o corpo do cansaço.

Também tem efeito diurético, laxante e expectorante, auxiliando no tratamento de resfriados, gripes e outras doenças respiratórias. A forma mais simples de ingerir esse termogênico é em cápsulas feitas do seu óleo.

Hibisco: Um estudo analisou a contribuição do extrato aquoso de hibisco na perda de peso de ratos obesos. A conclusão foi de que as plantas da espécie Hibiscus sabdariffa calyces atuam na redução do ganho de peso por meio do aumento da termogênese e de outros processos.

Cravo da Índia:  Antiga especiaria, da época das grandes navegações, o cravo a índia é uma planta de cheiro forte e inconfundível, nativa da Indonésia.

Ele é usado não apenas na culinária, mas também na medicina e até mesmo como fumo, pelas pessoas na sua região de origem.

Essa especiaria também ajuda no sistema digestivo e no tratamento do mau hálito.

A dor de cabeça, a dor de dente, de garganta, a má digestão, náuseas, o colesterol ruim… Tudo isso pode ir embora com o consumo do cravo da índia na sua dieta.

Além de todos os seus benefícios, o principal é que ele também é termogênico, e é aqui que você pode se interessar.

Ele acelera o metabolismo, ajuda na queima de gordura, e também é um forte aliado na hora que você precisar frear uma compulsão por doces, por exemplo.

Cafeína: O café é um dos mais poderosos e famosos termogênicos do mundo. Ele contém uma das substâncias mais antigas para se conseguir estimulação diária e mais disposição.

A cafeína já continha esses efeitos há séculos, e utilizá-los na prática esportiva se tornou algo mais recente. Existem suplementações de cafeína que turbinam bastante os treinos.

Este estimulante, além de dar disposição, também produz outros efeitos como o aumento da adrenalina, e também a ação termogênica.

Esses efeitos auxiliam bastante no controle e na perda de peso corporal, já que aceleram muito o metabolismo, dão energia e favorecem a queima de calorias.

Pó de guaraná: O pó de guaraná também já é bastante conhecido, principalmente por ser um energético natural, presente na alimentação de quem precisa produzir muito  em curtos espaços de tempo e espantar o sono.

A sua ação estimulante também é pela alta concentração de cafeína, que pode ser até quatro vezes maior do que a quantidade encontrada no café.

O guaraná estimula também a liberação de adrenalina e dopamina no sangue, o que faz com que seja possível combater o cansaço físico e mental, além da obesidade e até mesmo do câncer.

O consumo do pó de guaraná pode ser diário, mas é bom evitar tomar durante a noite, já que ele é um estimulante e pode provocar insônia.

CHÁS TERMOGÊNCIOS:

Chá preto:  Esse é um famoso chá termogênico que faz bastante sucesso entre as pessoas que o ingerem diariamente.

Ele é feito a partir da planta Camellia sinesis, da mesma forma que o chá verde. A grande diferença entre eles é o modo de preparo, a fase da colheita da planta e a quantidade de cafeína. Esta se encontra em maior quantidade no chá preto. Assim, ambos acabam possuindo os mesmo nutrientes e benefícios.

O chá preto é ótimo para quem deseja perder peso e gordura. Isso acontece, principalmente, por conta da presença de polifenóis e cafeína em sua composição, o que acelera bastante o funcionamento do organismo.

A sua ingestão também é capaz de diminuir o apetite, além inibir a ação das enzimas que atrapalham a termogênese.

Recomenda-se a ingestão de até 900 ml de chá preto por dia. Ou seja, você pode tomar até três xícaras dessa bebida por dia. É interessante que você opte por consumi-la antes das principais refeições.

Chá verde: O chá verde é uma opção muito poderosa. Isso acontece porque ele é capaz de acelerar o metabolismo por conta da presença de cafeína em suas folhas. Ele também atua na redução da pressão arterial e dos níveis de colesterol.

Outro ponto positivo desse chá termogênico é que ele contém altos níveis de antioxidantes, desacelerando o envelhecimento celular. Além disso, ele também possui nutrientes importantes para o organismo humano, como flúor e potássio.

Recomenda-se o uso de no máximo 600 ml de chá verde por dia.

Chá de hibisco: O chá de hibisco é feito com o uso do botão seco da flor Hibiscus Sabdariffa. Ele é capaz de evitar o aumento de gordura corporal, reduzindo, também, a adipogênese. Esta nada mais é do que a maturação das células pré-adiposas que são convertidas em gordura acumulado no organismo.

Assim, é possível diminuir o acúmulo de tecido adiposo tanto nos quadris quanto no abdômen. Isso acontece por conta da presença de antioxidantes na planta, como a quercetina e a antocianina.

Você também pode optar pelo uso do chá de hibisco para controlar a sua pressão arterial e colesterol.

A quantidade indicada para o consumo dessa bebida é de 200 ml por dia. Com isso, você pode fazer uso de 4 a 6 gramas de flor seca ou dois sachês de chá.

Chá mate:  Esse chá é feito através da erva-mate tostada. Ele possui teobromina e cafeína, estimulando a queima de gordura e entregando mais energia para para quem o consome. A cafeína também atua na lipólise, inibindo a atuação da enzima fosfodiesterase e gerando a quebra das células de gordura do corpo.

Essa bebida também apresenta ação diurética, sendo uma ótima opção, inclusive, para pessoas diabéticas, além de contribuir para uma boa saúde do cérebro e do coração.

Ao consumir essa bebida antes das principais refeições do dia, há uma baixa absorção de colesterol pelo intestino delgado.

É recomendado o uso de no máximo um litro desse chá termogênico por dia. Ou seja, em torno de 15 a 20 saquinhos por dia ou 20 gramas de folhas de erva-mate.

Chá de canela: Além de termogênica a canela ajuda no metabolização da insulina, modulando a absorção do açúcar que bem dos carboidratos. Dessa maneira ela evita ó acúmulo de gordura corporal.

A canela também tem ação anti-inflamatória, sendo muito recomendada para pessoas com obesidade, já que a obesidade gera um quadro de inflamação crônica.

Ela pode ser adicionada aos outros chás que mencionamos aqui, deixando-os mais “turbinados” e saborosos ou à bebidas como o café e outros alimentos.

Chá de Gengibre: O chá de gengibre aumenta a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e possui diversos compostos que protegem nosso corpo do estresse oxidativo que o acúmulo de gordura causa.

Ele também hidrata o corpo, ajudando a eliminar toxinas.

REMÉDIOS TERMOGÊNICOS:

Os remédios termogênicos têm um efeito estimulante mais intenso sob a taxa de metabolismo do que os alimentos e suplementos alimentares. São frequentemente usados como doping por atletas ou sem prescrição médica por pessoas que desejam perder peso de forma rápida.

As principais substâncias com efeito termogênico são a efedrina e a dimetilamilamina, mas o uso delas é proibido no Brasil devido ao alto risco de efeitos colaterais graves. Atualmente, a sinefrina, obtida da planta laranja-azeda, e a cafeína são a base da maioria dos remédios termogênicos, embora outros medicamentos para a perda de peso, como a sibutramina, também possam agir dessa forma.

SUPLEMENTOS TERMOGÊNICOS:

É interessante ingerir os suplementos termogênicos antes dos treinos e apenas nos dias em que for se exercitar. Também evite ingeri-los antes de dormir, pois podem levar a insônia.

Gestantes, lactantes, crianças, idosos, pessoas hipertensão, arritmia cardíaca e insônia não podem consumir os termogênicos. Eles só podem ser ingeridos após orientação médica. Os suplementos termogênicos aceleram os batimentos cardíacos, assim pode ocorrer complicações de saúde sérias caso a pessoa os consuma sem a devida recomendação. Não combine os suplementos com outros alimentos termogênicos, por exemplo, beber muito café e ainda tomar o suplemento a base de cafeína. Consuma somente os suplementos termogênicos autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Evite tomar os suplementos termogênicos por muito tempo seguido, pois há o risco de sobrecarregar o organismo. Por isso, faça pausas como tomar o suplemento por um mês e parar por uma semana.

SUBSTÂNCIAS PRESENTES NOS COMPLEMENTOS TERMOGÊNICOS:

Existem diversas marcas diferentes no mercado brasileiro de termogênicos, com composições completamente distintas. Muitas vezes, a substância ativa não está claramente descrita no rótulo do produto, sendo mascarada através do uso do nome científico da planta que lhe dá origem, por isso é fundamental pesquisar sua composição completa antes de iniciar o consumo. 

O QUE LEVAR EM CONSIDERAÇÃO AO ESCOLHER UM TERMOGÊNICO:

Cada organismo reage diferente a cada tipo de termogênico, desta forma é preciso avaliar algumas questões antes de decidir qual o melhor suplemento para você.

QUANDO UTILIZAR TERMOGÊNICOS:

Não existe um padrão de como se deve tomar termogênicos, pois tudo depende de qual é seu objetivo. O passo mais importante antes de inserir esse suplemento em sua rotina, é buscar orientação profissional que indicará qual o melhor produto, quantidade ideal e qual o melhor período para você realizar a ingestão, tudo com base no seu corpo, estilo de vida, entre outros fatores.

EFEITOS COLATERAIS E CONTRA INDICAÇÕES DOS TERMOGÊNICOS:

Quando não tomado corretamente, os termogênicos podem causar alguns efeitos colaterais para o organismo. Entre eles os mais comuns são:

- Insônia e agitação

- Dores de cabeça

- Tonturas e enjoos

- Arritmia cardíaca

- Ansiedade

- Aumento da pressão arterial

Já em relação a contra indicações é estão grupos como gestantes e lactantes, idosos, crianças, diabéticos, pessoas com problemas cardíacos e pessoas com problemas de tireóide.

TERMOGÊNICO EM CÁPSULA X TERMOGÊNICO EM PÓ:

O alimento termogênico é sempre uma boa opção, mas o que pode acontecer é que haja o excesso. Isso acontece porque você não tem o controle exato das quantidades usadas podendo ultrapassar e ter reações.

Já o suplemento em cápsula garante a tranquilidade da dosagem exata, além de ser mais prático.

O suplemento em pó é mais indicado, porque garante que você personalize a dosagem de acordo com as suas necessidades. A recomendação do termogênico em pó, é o consumo de 40 gramas de preferência após a finalização do treino.

Escolha qual é o melhor de acordo com a sua rotina e necessidade de treino. Caso tenha dúvidas sobre suas necessidades, é sempre recomendado buscar orientação médica.

Mantenha sempre uma rotina saudável, com uma alimentação equilibrada, beba muita água e ingira toda a suplementação de maneira correta. Logos os resultados tão desejados começaram a surgir.

TERMOGÊNCIOS PARA PERDER PESO:

Um dos sinais é o aquecimento corporal e um considerável aumento de ânimo, tudo muito favorável para o emagrecimento.

Toda essa ação é muito rápida, promovendo ao organismo bem-estar, inclusive diminuindo a compulsão (vontade de comer).

Termogênico para perder peso promove ainda duas ações importantes para o emagrecimento:

Broncodilatação: Que serve para aumentar o fluxo sanguíneo levando ao aquecimento corporal;

Glicogenólise: Fragmentação do glicogênio para promover energia rapidamente.

Situações que fazem o corpo entrar e estado de alerta por mais tempo, conseguinte queimar mais calorias.

TERMOGÊNCIOS PARA O PRECESSO DE LIPÓLISE:

A ação do termogênico é muito rápida, principalmente aqueles que agem como supressores no sistema nervoso central (SNC).

Este tipo de termogênico instiga que substâncias sejam despejadas no organismo e dessa forma interajam com hormônios, como a leptina, por exemplo.

A leptina por sua vez tem muita importância no processo de emagrecimento, pois a ela é dada a tarefa de:

  • Auxiliar efetivo para controlar o apetite;
  • Providencial para quebra de ácidos graxos;
  • Ajuda a dissipar energia para todo o organismo;
  • Auxilia na oxidação de gorduras estocadas.

Pessoas que estão com sobrepeso possuem altas taxas de leptina, porém, a forma de uso é antagônica e por isso é um impedimento para o emagrecimento.

Com o termogênico certo, um obeso se beneficia do equilíbrio deste hormônio, ação primordial para emagrecer.

Termogênico para perder peso e melhorias percebidas por quem se exercita: São notórios os ganhos em performance para quem tem por hábito praticar exercícios e adere a termogênicos.

De forma substancial a energia aumenta, inclusive, existem pessoas que só conseguem disposição para se exercitar com estímulos provindos de um termogênico.

Essa ligação entre termogênico para perder peso e o aumento da vontade para fazer exercícios é fabulosa e muito importante.

Termogênico para perder peso e a Diminuição da Fadiga: Termogênicos são estimulantes naturais tanto para músculos como para o cérebro.

Dotados de potenciais para ações no sistema nervoso central e periférico, termogênicos, em especial a base de cafeína, são excelentes restauradores do ânimo.

A ação fisiológica que o termogênico produz ajuda para diminuir o cansaço, até mesmo o crônico.

COMO O TERMOGÊNICO PODE SER UTILIZADO:

Os termogênicos são indicados para pessoas que:

  • Estão em dieta para redução de peso;
  • Buscam aumentar o seu metabolismo basal,
  • Querem mais disposição e energia.

Já existem no mercado combinações termogênicas que podem ajudar no processo de emagrecimento de forma eficiente e segura. Antes das refeições ou da prática de atividades físicas, são os momentos mais apropriados para o consumo.

Ao ser ingerido pouco antes do fim de períodos de jejum, quando o organismo está ávido por nutrientes, os termogênicos que contém em sua formulação ingredientes nutracêuticos ricos em propriedades funcionais, podem beneficiar ainda mais a saúde.

Praticantes de atividades físicas costumam ingerir termogênicos antes de iniciarem a atividade física, em conjunto com fontes de carboidratos. Assim, seus mecanismos são ativados e se somam aos benefícios do exercício físico na redução de peso e ganho de saúde.

PERGUNTAS FREQUENTES:

Quando deve ser ingerido termogênicos no pré ou pós treino?

Os termogênicos devem ser ingeridos sempre antes de praticar uma atividade física, afinal eles vão estimular o praticante. No período da noite, podem influenciar na qualidade do seu sono.

Termogênicos são seguros ou prejudiciais à saúde?
Os termogênicos que são classificados como suplementos nutricionais são produtos à base de cafeína e são liberados pela ANVISA. Como em relação a qualquer produto existe uma recomendação de dose de segurança que se respeitada, não representa nenhum prejuízo à saúde. Como a cafeína é um estimulante do sistema nervoso, ela promoverá um aumento do metabolismo com consequente aumento do trabalho do coração para fornecer mais sangue e oxigênio para os músculos. Este aumento do trabalho cardíaco pode ser uma contraindicação para portadores de problemas cardiovasculares, portanto pacientes com qualquer tipo de diagnóstico de doença cardíaca não devem utilizar os termogênicos sem liberação do cardiologista.

Quem pode toma termogênicos? 

Não há restrição para a maioria do público. Antes de fazer uso, porém, é preciso sempre consultar um médico. É aconselhado também quando a performance atinge o platô e os treinos já não têm mais o mesmo efeito. Outro momento indicado para ingeri-los é aquele dia em que bate preguiça ou desânimo de praticar atividade física.  A ingestão, no entanto, não deve ser diária e, antes de passar a usá-los. Grávidas e mulheres amamentando são proibidas de consumi-los. 

Uma pessoa que não faz exercício e consome termogênicos engorda?

Não engorda, mas vai se sentir mal. Essa aceleração que o efeito dos complementos causa é indicada para quem for praticar alguma atividade. Caso contrário, o indivíduo vai suar, ficará inquieto, agitado e terá dificuldade para se concentrar.

Termogênico é para emagrecer?
O termogênico como coadjuvante de programas de perda de peso age de duas formas. Por um lado, seu efeito estimulante aumenta o metabolismo proporcionando consequentemente maior gasto calórico. Por outro, sua contribuição para o emagrecimento compreende também seu benefício de aumentar a queima de gorduras durante os exercícios. No entanto, por ser a base de cafeína, o termogênico também contribui para melhorar a performance nas atividades físicas, melhorando o foco e retardando a fadiga. Em um artigo publicado no European Journal of Sport Science, pesquisadores mostram que a ingestão aguda de cafeína é capaz de melhorar a performance durante os exercícios de força, diminuindo a percepção de esforço e fadiga muscular. Outro estudo realizado com judocas adolescentes e publicado na Pediatric Exercise Science também mostrou resultados interessantes a respeito da suplementação de cafeína sobre a performance.

Existem termogênicos naturais?

Sim. Encontramos as substâncias termogênicas em alimentos como o gengibre, a pimenta vermelha, a casca de laranja amarga, o suco de beterraba, o chá verde, a canela, o abacaxi e o café. Eles não têm a mesma propriedade que os termogênicos em cápsulas, por exemplo, mas atuam como “energéticos”.

Como os suplementos termogênicos agem no Organismo?
Os suplementos que são denominados termogênicos tem o efeito de aumentar o metabolismo e como consequência aumentar a produção de energia. O efeito termogênico tem origem no sistema nervoso central, aumentando o grau de alerta e causando uma ativação da mobilização motora com repercussão no metabolismo das células musculares e no metabolismo das gorduras.